Já garantiu seu salto?!
Não saia antes de garantir seu dia!

A Sky Company está preparada para responder qualquer dúvida que tenha em relação aos saltos e pacotes oferecidos.

Venha curtir essa aventura com
segurança e qualidade.
Agende seu Salto

Como funciona a dobragem de paraquedas e sua importância

Como funciona a dobragem de paraquedas e sua importância

Descubra como a dobragem de paraquedas é uma das etapas mais importantes dentro da prática do esporte radical

 

O paraquedas é o principal componente dentro do paraquedismo e, quanto a isso, não há nenhum tipo de discussão. E essa importância é tamanha, que existem vários procedimentos para cuidar bem do item, como é o caso da dobragem de paraquedas.

 

Esse processo consiste em técnicas eficientes para dobrar o objeto corretamente, manter sua conservação e criar as condições necessárias para que ele funcione quando acionado. Portanto, a dobragem se torna algo fundamental dentro da prática do paraquedismo.

 

Quer saber mais sobre o tema? Continue lendo até o final do artigo que preparamos!

A importância da dobragem de paraquedas

Obviamente, como principal elemento do salto, o paraquedas precisam funcionar perfeitamente durante um mergulho em queda livre. Mesmo com um item reserva, é esperado que o paraquedas principal abra normalmente ao ser acionado, proporcionando o conforto e segurança dos paraquedistas, iniciantes ou não.

 

Dessa forma, todo o processo de conservação do objeto é feito de maneira proativa, onde as manutenções preventivas garantem que tudo irá ocorrer conforme o previsto.

 

E as inspeções são tão levadas a sério, que existem profissionais exclusivamente dedicados à dobragem de paraquedas: os famosos profissionais “riggers”.

 

Na verdade, a profissão se divide em alguns cargos com diferentes funções, para garantir ainda mais a segurança dos paraquedistas e do esporte como um todo.

 

Leia mais no blog: Quais as partes de um paraquedas?

O que é o Rigger e qual sua função?

Rigger é nome em inglês para os profissionais da área de inspeção, manutenção, implantação e desenvolvimento de paraquedas – dependendo do nível do cargo. No Brasil, o termo pode ser conhecido como “dobradores de reservas” ou apenas “dobradores”.

 

Na prática, o trabalho do Rigger divide-se em 3 outras funções, conforme o grau de treinamento e competência adquiridos ao longo da carreira.

Recertificador de sistema

O Recertificador de Sistema é o “segundo nível” de um dobrador de reserva. Ele pode e deve executar a inspeção total de um paraquedas e, caso nenhum erro seja encontrado, assinar o atestado para uso seguro. Além disso, o recertificador de sistemas não pode fazer nenhum tipo de reparo nos paraquedas.

Técnico Sênior

O próximo nível da carreira do Rigger, já atuando como Recertificador de Sistema, é o Técnico Sênior, que é o profissional capaz de executar a inspeção total de um paraquedas, assim como realizar pequenos reparos, desde que estes não afetem a aeronavegabilidade ou a usabilidade do paraquedas.

Técnico Master

O nível Técnico Master é o ponto mais alto da carreira do Rigger, onde o profissional tem total liberdade de inspeção e reparo de partes. Indo além, o Técnico Master pode fabricar qualquer item do paraquedas, sendo o especialista mais habilitado da categoria.

 

Sua capacidade de atuação equivale a um engenheiro de paraquedas, sendo que toda a formação para atingir esse nível, normalmente, demora em torno de 10 anos.

 

Paraquedista no salto de paraquedas

Os atletas podem fazer a dobragem de paraquedas?

Os paraquedistas profissionais são incentivados a realizar a dobragem de paraquedas, no entanto, isso só pode ser realizado na peça principal. Por normas de segurança e obrigações da categoria, apenas um Rigger capacitado pode realizar a inspeção do paraquedas reserva, bem como atuar na dobragem e redobragem do mesmo.

 

Esse procedimento garante mais segurança durante o voo, já que o paraquedista terá um especialista dedicado apenas para a manutenção do paraquedas reserva, que não pode falhar quando acionado. Assim, o Rigger pode garantir a total segurança do atleta durante o salto.

Como é feito o processo de dobragem?

De forma básica, a dobragem de paraquedas ocorre em 4 passos, que podem ser conferidos a seguir:

 

  1. As cordas são bem esticadas para que a dobragem seja realizada da melhor forma possível;
  2. As bocas do paraquedas são dobradas de modo uniforme;
  3. Uma sequência de dobras irá finalizar a dobragem do paraquedas. Esse procedimento precisa ser realizado por total e de modo bem rigoroso;
  4. O paraquedas precisa ser encaixado com certa folga na mochila, para não complicar o acionamento e funcionamento durante a queda livre.

 

A partir desses 4 passos básicos, a dobragem de paraquedas tem validade de 6 meses. Atingido esse prazo, é necessário realizar uma inspeção minuciosa para verificar se alguma parte não foi danificada. Após a nova redobragem, o paraquedas já está disponível para uso.

Viva a emoção do paraquedismo

Saltar de paraquedas é uma emoção e tanto. Seja em família ou em um salto radical com amigos, é certo que a adrenalina percorrendo o corpo, além da sensação de liberdade e paz geram momentos verdadeiramente inesquecíveis.

 

E todos esses sentimentos só podem ser proporcionados pelos profissionais que atuam no paraquedismo. São eles que garantem toda a segurança do esporte e transformam o que poderia ser um evento perigoso em um momento inesquecível e seguro.
Portanto, aproveite a crescente popularidade do esporte para embarcar e desafiar os limites do corpo. Podemos garantir que a experiência será única ao saltar de paraquedas em todos os aspectos.

Postagens Relacionadas

logo WhatsApp

Entre em contato com a Sky Company Paraquedismo:

como chegar
clique aqui e trace sua rota pelo Waze
como chegar de ônibus
© Copyright 2020 | Sky Company Paraquedismo - Boituva, SP | Todos os direitos reservados - Política de Privacidade