Já garantiu seu salto?!
Não saia antes de garantir seu dia!

A Sky Company está preparada para responder qualquer dúvida que tenha em relação aos saltos e pacotes oferecidos.

Venha curtir essa aventura com
segurança e qualidade.
Agende seu Salto

Mês da mulher: presentes especiais para mulheres radicais

Mês da mulher: presentes especiais para mulheres radicais

Saiba como fugir do clichê e acertar nos presentes radicais

 

Março é um importante mês para as mulheres. Especificamente o dia 08, que é quando comemoramos o Dia Internacional da Mulher.

 

Essa data representa muita história e é comum querermos presentear as mulheres nesse dia. Mas como fugir do clichê de flores e chocolates e acertar nos presentes radicais para as que gostam de adrenalina?

 

Para começar, é importante entendermos o que significa esse mês. Ou seja, como as mulheres são protagonistas de uma história extremamente relevante, inclusive nos esportes.

Por que é comemorado em Março?

Você sabia que em países como os Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, o mês de março é dedicado inteiramente ao poder feminino? Isso porque é o mês que celebra a história da mulher.

 

O dia 08 de março é comemorado desde o século 20. Mas a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975. Início de diversos protestos de mulheres dos Estados Unidos e Reino Unido que reivindicavam condições de trabalho melhores e igualdade de direitos.

 

Pode ser apenas uma coincidência, mas março conta com diversos episódios importantes e marcantes para a história feminina:

 

  • 1º de março de 1972: foi aprovado no Senado americano o Título IX, que proíbe a discriminação de gênero em qualquer programa financiado pelo governo federal estadunidense;
  • 22 de março de 1972: foi aprovada pelo Senado americano a Emenda de Direitos Iguais, que garante direitos independentemente do sexo;
  • 03 de março de 1913: no início do século 20 ocorreram dois eventos importantes de sufrágio das mulheres, um deles foi o desfile que aconteceu no Distrito de Washington, no dia 03 de março e o primeiro grupo político foi formado oficialmente também neste mês, só que em 1913: o National Woman’s Party.

 

Precisamos ter em mente que há séculos as mulheres lutam por direitos básicos que foram conquistados com muita voz e determinação. Entretanto, sabemos que ainda há um longo caminho a percorrer.

A ideia de que esporte não é pra mulher já está muito ultrapassada e deve ser completamente esquecida.

 

Há mulheres brasileiras com papéis extremamente importantes. Elas mudaram o cenário da educação, política, história e até mesmo dos esportes radicais.

Quem são elas?

Aída dos Santos

Nascida no Rio de Janeiro em 1937, Aída foi a primeira mulher brasileira a disputar uma final olímpica de salto em altura. Foi campeã estadual, brasileira, sul-americana e pan-americana.

 

Aída foi a única mulher a representar o atletismo nacional no salto em altura e só havia ela de mulher na delegação do Brasil nos Jogos de Tóquio, em 1964.

 

Além de todas as dificuldades passadas por ser a única mulher na delegação, ela ainda chegou à Olimpíada sem nenhum apoio, sem técnico e também sem uniforme. Mesmo com todos os problemas, Aída ainda ficou em quarto lugar e representou o Brasil muito bem.

Maria Lenk

Maria foi pioneira na natação brasileira. Foi a primeira sul-americana a participar de uma Olimpíada, isso aconteceu nos Jogos de Los Angeles, em 1932.

 

Maria é considerada a maior nadadora da história do Brasil e a única a representar o país no Hall da Fama da natação. A nadadora tem recordes mundiais em diferentes categorias, além de entrar para o Hall da Fama da Federação Internacional de Natação, em 1988.

 

Não para por aí. Maria Lenk ainda leva o título Top Ten, o que a faz uma das 10 melhores nadadoras do mundo, inclusive entre os homens!

 

Aída e Maria são apenas duas das milhares de mulheres que mudaram o cenário do Brasil nos esportes. Mas não são as únicas a gostar de adrenalina.

 

Sabendo de histórias como essas, fica ainda mais difícil pensar que esporte não é para mulher, não é mesmo?

 

Mas pensando no mês das mulheres e em esportes radicais, como unir os dois e fugir do clichê de flores e chocolate?

Presentes radicais para o mês das mulheres

saltar-de-paraquedas

 

Essa é uma lista de como agradar mulheres radicais com presentes que fogem do comum. Mas é claro, não existe regra, todos os eventos podem ser compartilhados com qualquer pessoa que curta adrenalina!

Passeio de caiaque

O primeiro da nossa lista radical. Se você quer fugir da calmaria do mar ou de um simples passeio de barco, vai gostar da adrenalina desse passeio que pode ser feito em diversas cidades do Brasil.

Passeio de balão

Pode não ter curvas ou alta velocidade, mas estar em um balão nas alturas requer muita coragem. Se você quer presentear uma mulher radical (ou até mesmo fazer algo romântico) é uma ótima alternativa!

Parque de diversões

Não tem erro! Se você nunca foi a um parque de diversões ou conhece alguém que nunca tenha ido, vale à pena! Tem todo tipo de adrenalina, da mais leve até a mais radical. Além de ser um presente que com certeza vai agradar.

Salto de paraquedas

O salto de paraquedas é uma ótima opção da lista de presentes radicais. Já imaginou presentear alguém com algo tão inusitado e que pode se tornar uma experiência inesquecível?

 

O paraquedismo é um dos esportes mais praticados no nosso país atualmente. Ele conta com diversos benefícios para a saúde, dentre eles o auxílio no tratamento contra estresse e ansiedade

 

A Escola de Paraquedismo Sky Company, atua no esporte há 25 anos e oferece toda a segurança necessária para seu momento ser o mais radical e intenso possível!

 

Se você ficou interessado, conheça a Sky Company e agende seu salto!

Postagens Relacionadas

logo WhatsApp

Entre em contato com a Sky Company Paraquedismo:

como chegar
clique aqui e trace sua rota pelo Waze
como chegar de ônibus
© Copyright 2020 | Sky Company Paraquedismo - Boituva, SP | Todos os direitos reservados - Política de Privacidade