Já garantiu seu salto?!
Não saia antes de garantir seu dia!

A Sky Company está preparada para responder qualquer dúvida que tenha em relação aos saltos e pacotes oferecidos.

Venha curtir essa aventura com
segurança e qualidade.
Agende seu Salto

Quem foi o primeiro paraquedista do mundo?

Quem foi o primeiro paraquedista do mundo?

Conheça mais sobre a história de Andre-Jacques Garnerin, o homem que foi considerado o primeiro paraquedista do mundo

 

O paraquedismo tem uma história que já ultrapassa séculos de tradição, onde os primeiros registros datam aventuras no século XIV. No entanto, o primeiro paraquedista do mundo só foi contabilizado oficialmente no século XVIII, onde Andre-Jacques Garnerin realizou o feito incrível com segurança.

 

Após centenas de anos de estudos tentando imitar o voo dos pássaros, que resultaram em equipamentos primitivos, como o experimento de Leonardo da Vinci, no século XV, o homem finalmente foi capaz de evoluir seus conceitos até projetar um paraquedas que funcionava.

 

Desse modo, surgiram os aventureiros que enfrentaram as alturas para conquistar o céu, com o nome do francês Garnerin sendo marcado na história como o primeiro paraquedista do mundo. Quer saber mais? Continue lendo até o final!

Quem foi o primeiro paraquedista do mundo?

Andre-Jacques Garnerin, um francês nascido em Paris no ano de 1769, sempre foi um apaixonado pelas invenções, principalmente aquelas que poderiam voar e, dessa forma, conquistar o céu.

 

Após a primeira fase das guerras Napoleônicas, quando ficou preso por três anos, o engenheiro começou a ter contato com o balonismo, que logo o conquistou e permitiu que seus trabalhos se direcionassem para o segmento dos esportes aéreos.

 

Assim, Garnerin pôde conceber vários protótipos, que logo evoluíram para, de fato, possibilitar que o primeiro paraquedista do mundo tivesse seu nome eternizado na história mundial, em um voo que envolveu muito conhecimento e coragem.

Como foi o primeiro salto de paraquedas?

Após as primeiras experiências não saírem como o esperado, Garnerin sabia que estava no caminho certo. Suas invenções iniciais eram semelhantes às sombrinhas, no entanto, para o propósito de voar, elas não funcionavam tão bem quando o esperado.

 

Ainda assim, o engenheiro francês não desistiu e continuou trabalhando para que fosse possível, algum dia, realizar um salto de paraquedas. Obviamente, o termo paraquedismo ainda não existia e a capacidade de voar não passava de um devaneio de um inventor sonhador.

 

No entanto, em 22 de outubro de 1797, Garnerin realiza o incrível feito de saltar sobre o parque de Monceau, em uma queda de pouco mais de 900 metros, utilizando apenas um rústico paraquedas de seda. Naquelas condições, nascia o improvável e primeiro paraquedista do mundo.

Ilustração do primeiro paraquedista do mundo

 

O voo em detalhes

Após entrar em seu balão apenas com o paraquedas feito de seda, Garnerin levantou voo e sobrevoou o parque de Monceau, que foi tomada por uma multidão curiosa em presenciar o que seria um fato histórico.

 

Depois de encontrar uma boa posição, o engenheiro francês cortou as cordas que prendem a cesta ao balão, que caiu bruscamente, mas teve sua queda aliviada pelo grande tecido de seda.

 

Apesar de ainda descer em alta velocidade, o primeiro paraquedista do mundo saiu ileso da aventura, para delírio do público que presenciou um feito incrível à época. Assim, Andre-Jacques iniciou o que seria uma sequência com vários saltos e recordes quebrados, mostrando todo seu amor e dedicação ao esporte.

 

Leia também: Salto de paraquedas diferente, pule de um balão

Recordes e mais recordes

Após o primeiro voo em 1797, Garnerin se manteve apaixonado pelo paraquedismo e os desafios que ele proporcionava. Após enfrentar uma altura de quase 1.000 metros, o francês se manteve motivado para realizar novas conquistas nos ares.

 

Assim, depois de inúmeros e sucessivos saltos, um novo recorde foi estabelecido. O ano era 1802 e Andre-Jacques chegou ao seu limite, em um salto de paraquedas de quase 2.500 metros de altitude. Apesar de ter saído, mais uma vez, ileso da aventura, Garnerin não conseguiu ultrapassar o feito, para a tristeza de muitos.

 

No ano seguinte, entre 3 e 4 de outubro de 1803, o engenheiro francês realizou outro feito incrível, mas dessa vez no balonismo, onde percorreu 395 quilômetros em um voo de balão de Paris até Clausen, o que certamente foi um grande feito na época.

 

A primeira mulher paraquedista

Andre-Jacques Garnerin foi um pioneiro do paraquedismo e isso não podemos negar. Mas o seu feito histórico só foi possível pelo apoio incondicional de sua esposa, Jeanne-Geneviève.

 

A francesa, também adepta da aventura, apoiou o marido incessantemente até o feito histórico de 1797 e 1802, estando presente em todas as criações e ousadias do marido. Além disso, Jeanne também entrou para a história ao saltar de paraquedas em 1799, em um ato que a colocou como a primeira mulher a realizar tal feito.

 

Assim, a devotada esposa de Garnerin mostrou que, além de companheira, era uma grande adepta da aventura e da adrenalina, mesmo que o esporte fosse algo tão novo e com seu potencial pouco explorado à época.

O amor pela aventura

A história de Andre-Jacques Garnerin encerra em 1823, quando o engenheiro e inventor francês morreu subitamente enquanto construía mais um de seus balões. Dessa forma, o grande desbravador do céu entrava para a eternidade como o primeiro paraquedista do mundo, feito que levou muitas pessoas a continuarem seu legado.
Após a aventura de Garnerin, temos muitos outros nomes importantes para a história do paraquedismo. Graças a todos eles, o esporte pôde se desenvolver com segurança, proporcionando que pessoas pudessem viver a grande aventura de suas vidas ao saltar de paraquedas.

 

Postagens Relacionadas

logo WhatsApp

Entre em contato com a Sky Company Paraquedismo:

como chegar
clique aqui e trace sua rota pelo Waze
como chegar de ônibus
© Copyright 2020 | Sky Company Paraquedismo - Boituva, SP | Todos os direitos reservados - Política de Privacidade
parceria: |